SERÁ QUE O PARANÁ VOLTARÁ A SER UMA POTÊNCIA NO PLANTIO DE ALGODÃO????

SERÁ QUE O PARANÁ VOLTARÁ A SER UMA POTÊNCIA NO PLANTIO DE ALGODÃO????

Há 30 anos, o Paraná era o maior produtor de algodão do país, mas pragas e condições climáticas desfavoráveis fizeram a maioria dos produtores abandonarem a cultura na década de 90.

O estado já chegou a ter 700 mil hectares plantados de algodão, o que representava, na época, cerca de metade de toda a produção nacional.

Atualmente, a área plantada do produto no estado é de 1.200 hectares. O número é baixo se comparado com o auge do algodão no Paraná, mas a plantação em 2022 representa um avanço em relação ao ano passado, quando foram plantados 700 hectares.

O trabalho para retomar o protagonismo do estado é feito aos poucos. O objetivo da Associação dos Cotonicultores Paranaenses (Acopar) é que a produção chegue a 20 mil hectares em um longo prazo.

A meta da associação pode ser alcançada com a adesão de novos produtores à cultura do algodão.

Na safra atual, a produtividade do algodão está em queda por causa do período de estiagem no estado, mas foi menos atingida do que outras culturas.

Isso ocorre porque a planta gosta de pouca chuva, o que é vantajoso em período de seca.

O algodão colhido é utilizado na indústria têxtil e na produção de ração de animais e óleos.