Petrobras avisa que não tem previsão de cortes no preço dos combustíveis

Petrobras avisa que não tem previsão de cortes no preço dos combustíveis

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou nessa segunda-feira que as sete pessoas que estiveram em contato com um caso confirmado da variante Ômicron não estão infectadas pelo coronavírus. Elas estavam isoladas e foram acompanhadas pela Vigilância Epidemiológica do Estado e das cidades de Curitiba e Foz do Iguaçu. Neste momento, não há mais suspeitas da circulação da variante no Paraná.

20 capitais do país tem passaporte vacina para participação em eventos de grande porte ou entrada em estabelecimentos de grande circulação. A medida é adotada como forma de reduzir o risco de transmissão da covid-19, principalmente em ambientes fechados, e ganhou mais municípios adeptos com a chegada da variante Ômicron. Indícios apontam que a nova variante é mais contagiosa. Ao menos 19 capitais também cancelaram as festas públicas de réveillon após a nova cepa.
Entre as capitais que não exigem comprovante de vacinação nem teste negativo para o coronavírus estão a capital paranaense, Curitiba e também Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Vitória, no Espírito Santo, Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e São Luiz, no Maranhão.

E, segundo a Petrobras, ainda não há definição sobre alteração dos preços dos combustíveis. A empresa fez um comunicado oficial ao mercado dizendo que não antecipa decisões de reajuste e reforçando que não há nenhuma decisão tomada por seu Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) que ainda não tenha sido anunciada. O esclarecimento acontece depois de anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro, indicando que haveria cortes nos preços das bombas a partir dessa semana.